Não gozem com o meu algarvio, sff.


algarve.JPGMenina da Madeira, a de Cascais, a de Monsaraz, o outro Madeirense, o de Coimbra, o do Brasil (!!!)

Béque-me que estes meninos nã se apercebem que também eles têm os seus tiques. Mas p’r mode quem vêm cá mandar bitaites?
Inde eles nã ôviram nada! Ê cá nã sô das piores.

Há gente ali pros lades de Lagos ou Portimão muit’piors, que falam tan desalvorados que nã sêntende nada.
Mas nãnnn…. P’r mode’ê ser a única algarvia, os desinfelizes gozam é comigue.

Mó diéb! Deixem-me da mão, e nã gozem cu’meu algarvio faxavor! Ê goste muit’ dele, algarvia sim com muit’orgulho!
E nã é ALLgarve é ALgarve, essa gent’que na me venha cá com cousas! Estrangeirices!

E sim existe um dicionário de Algarvio, é ver aqui e aqui!

Autor: Erika

Quem escreve: De nome: Erika. Tenta escrever o que mais lhe apetece. Tenta ser simpática. Quando não reclama, sugere. Sorri muito. Atribui significados importantes à musica, ás cores, cheiros, sabores, texturas. Teimosa, orgulhosa, ambiciosa q.b., não cria espectativas, cria objectivos. Gosta de dormir, é preguiçosa mas detesta preguiçar. Perde-se na internet. Perde-se naquele momento perfeito. Perde-se na fotografia. Perde-se nas pessoas. Perde-se na paixão. É apenas mais alguém que escreve.

9 opiniões sobre “Não gozem com o meu algarvio, sff.”

  1. Pôs, e parece que tamém conhecemos uma moça da tu turma, a Elizette… Bem, sendo assim parece que tamos em família, mas é cá de Lôlé só cnhêç os carnavais! Quando à UAlg, temos caloiros e veteranos nas Gambelas e Portimão, respectivamente. Agora somos 4 marafádes universitáres!

  2. Só agora é que viram que sou Algarvia (não sou de Monchique, sou de Loulé!!!) que sou da Ualg. Se souberem ler mais um pouco também descobrem que sou da ESSaF do curso de Dietética (3º ano) lololololol………essa atenção. Vê-se même que sãn de Portimão (ou lá de perto)! Irra!! 😀

  3. Só uma coisa! vamos lá ver! Alentejano é diferente do Algarvio! UUUiiii é que nem se compare! Quase me senti ofendida quando vi o “Alentejano/Algarvio” ai ai ai ai…. Vamos ver se agente se entende! 🙂

    HEHE “Comer enfermeiros… fod** analistas…este é o lema dos dietistas! Força dietas, vamos vencer! Somos Ualg até morrer!” Esta é só uma das músicas…
    Não sei porque dizem que não entendem o algarvio! Irra! Não tem dificuldade nenhuma, agora o que se fala na serra e mais pros lados de lá (portimão, alvor) tábem…não se entende muito, mas prontos, percebe-se!! Epah… meninos da cidade! LOL vêm lá com os bem falares e adespois nã entendem nada das pessoas de fora da cedade.

    Beijinho e volta sempre Sr. enfermeiro Hugo (Martins?? é primo!!!) LOl

  4. Olá outra vez;) Eu conheci o teu blog através do blog “uma espécie de blog”, que é de um grande amigo meu – o Nuno. Relativamente ao “idioma” falado aí em baixo, tenho uma coisa a dizer – não entendo nada. E acredita, já tive uma experiência alentejana. Entrei em enfermagem em Beja e depois vim parar a Bragança. As aulas eram terríveis devido à pronincia estranha. Mas nunca tinha lido o alentejano/algarvio escrito. ehehe. 5*! Podias dizer-me o que vocês falam acerca dos enfermeiros. Estou curioso!

    Beijo

  5. Olá garota Erika!

    Cá por essas bandas, também há uns falar enrolado que “nã sêntende nada.”.

    Assistindo a SIC e RTP aqui no Brasil, pude ver por algumas vezes, reportagens sobre esse idioma “diferente”, achei muito interessante pois até então não conhecia……..

    Um grande abraço!!!!!!!!!!

    Boa Semana!!!!!!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s