A menina de muros altos.


Era uma vez uma menina que subiu o muro mais alto porque queria ser mais.
Mais alta que todos lá em baixo.
Mais que uma menina.
Queria ser mais em si mesma.
E a menina subiu o muro. Magoou as mãos, magoou os joelhos, subiu a muito custo. Quase caiu por variadas vezes e noutras simplesmente recomeçou de onde tinha conseguido agarrar-se. Mas persistiu.
Quando chegou lá em cima, pôs-se de pé na pontinha do parapeito daquele Muro Alto, abriu os braços, sentiu o vento, olhou em volta e sorriu.

Ficou Feliz. “Consegui subir sozinha!” pensou a Menina.
Sentou-se e olhou para baixo e de lá via as pessoas a passar, pequenas em si mesmas, ocupadas, atarefadas.
Por momentos a Menina sentiu-se bem.
E disse mais uma vez, para si mesma, “Consegui subir sozinha…” e uma voz veio de dentro da Menina e respondeu-lhe “E agora estás aqui sozinha, enquanto o mundo passa por ti, lá embaixo, sem te ver.”

Sou aquela menina sentada no muro..
Que brinca com o fogo mesmo com medo de se magoar.
Que gosta dos jogos de fazer de conta.
Brinca às escondidas em si própria.
Tem tanto de inocente como de mulher.
Tem tanto de indecente como de menina.

Tem tanto de Menina, como de mulher.

E a Menina continua sentada no muro, subiu alto e agora tem medo de descer sozinha.

Autor: Erika

Quem escreve: De nome: Erika. Tenta escrever o que mais lhe apetece. Tenta ser simpática. Quando não reclama, sugere. Sorri muito. Atribui significados importantes à musica, ás cores, cheiros, sabores, texturas. Teimosa, orgulhosa, ambiciosa q.b., não cria espectativas, cria objectivos. Gosta de dormir, é preguiçosa mas detesta preguiçar. Perde-se na internet. Perde-se naquele momento perfeito. Perde-se na fotografia. Perde-se nas pessoas. Perde-se na paixão. É apenas mais alguém que escreve.

5 opiniões sobre “A menina de muros altos.”

  1. Ora menina!

    Eu cá fico a admirar-te, da altura descomunal dos sonhos.

    Lembre-se que os melhores frutos são aqueles nos topos das arvores frutíferas, e estes são a apenas para deleite dos poucos que tem coragem para subir tão alto para apanhá-los.

    Poucos “tem autonomia para se abandonarem e saber que sairão daquilo intactas.”
    “Liberte-se e você será muito mais do que jamais sonhou ser!”

    Grande Abraço Menina Érika!!!!!!!

    Ítalo Leonardo do Amaral Moreira

  2. Se os teus pais te apanham aí estás bem tramada estás!! Arriscas-te a descer e é à chapada!!
    Bom…brincadeiras à parte. Para quê descer? Só porque estas lá sozinha? se olhares para trás está sempre alguem a tentar subir. se desceres…desencontram-se….

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s