As noites eram quentes.


DSC01848

Em todos os aspectos, eram quentes.
A luz meio amarelada quase apagada envolvia-nos, cada uma no seu sofá, sentadas, deitadas, relaxadas. Eram quentes.
Olhavamos umas para as outras de copo na mão: cerveja, chá, vinho vodka… Eram quentes e sorriamos na sua inquietude. Dávamos altas gargalhadas. Conversávamos ao mesmo tempo, ficávamos em silêncio.
Eram quentes e cheias de emoção. Viviamos e apreciavamos aqueles momentos.
Aquelas noites quentes de narguilé a esfumaçar aromas de côcô, melão ou morango, ao som de Deolinda em repeat.
Eram noites bem quentes, talvez as melhores, aquelas em que nos tornamos quase um 3 em 1. Obrigada.

Autor: Erika

Quem escreve: De nome: Erika. Tenta escrever o que mais lhe apetece. Tenta ser simpática. Quando não reclama, sugere. Sorri muito. Atribui significados importantes à musica, ás cores, cheiros, sabores, texturas. Teimosa, orgulhosa, ambiciosa q.b., não cria espectativas, cria objectivos. Gosta de dormir, é preguiçosa mas detesta preguiçar. Perde-se na internet. Perde-se naquele momento perfeito. Perde-se na fotografia. Perde-se nas pessoas. Perde-se na paixão. É apenas mais alguém que escreve.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s