Contradiz-me


marinaport

Não te quero,juro!
Apesar do teu sorriso iluminar mais dias que o próprio sol, não te quero juro!
Apesar de quando te olho nos olhos querer ler mais de ti do que a forma irregular das tuas cores,não te quero juro!
Ainda que o meu toque queira ser completo na tua pele, não te desejo juro!
Ainda que o teu calor abrace todos os meus poros, não te desejo, juro!
Mesmo que queira ouvir a tua voz na forma de doces palavras, não te preciso juro!
Mesmo que a tua presença em mim se faça de todas as formas, o meu último pensamento seja teu, o meu prazer noturno seja em ti, e a minha saudade tenha o teu nome, não é paixão, juro!

Autor: Erika

Quem escreve: De nome: Erika. Tenta escrever o que mais lhe apetece. Tenta ser simpática. Quando não reclama, sugere. Sorri muito. Atribui significados importantes à musica, ás cores, cheiros, sabores, texturas. Teimosa, orgulhosa, ambiciosa q.b., não cria espectativas, cria objectivos. Gosta de dormir, é preguiçosa mas detesta preguiçar. Perde-se na internet. Perde-se naquele momento perfeito. Perde-se na fotografia. Perde-se nas pessoas. Perde-se na paixão. É apenas mais alguém que escreve.

4 opiniões sobre “Contradiz-me”

  1. Estava eu à procura de informações sobre o livro de reclamações e vim aqui parar.
    Ainda bem, porque amei cada texto, cada frase… cada palavra.
    Parabéns

    Fique bem,
    Lúcia

    P.S. : Continue sempre com este seu, magnífico, livro de reclamações.

  2. afinal até o maus “puro” dos corações entra no inevitável jogo da promoção/despromoção!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s