Sem Respirar


The Distance by *carrionshineSabes, estou aqui a olhar para ti e é como se o tempo não tivesse passado, como se nunca tivesse parado de te amar. E, ao mesmo tempo, está tudo tão diferente que a sensação é de estar sentada com um estranho.
Mas és um estranho que não me causa estranheza. Sei o que pensas só de olhar para ti, sei-te ler como sempre soube mas nunca consegui compreender como o aprendi.
Sei quando gostas do que te dizem ou quando te fazem sentir desconfortável. Sei ver nos teus olhos e na maneira como tocas no meu braço que sentes a minha falta, que precisavas daquele abraço.
Não te consigo olhar nos olhos porque me fazes tremer, por seres um desconhecido ou por te me teres conhecido diferente. Porque saber que me podes olhar com estranheza também me causa medo. Porque também me sabes ler ou soubeste um dia e agora… agora tudo é nada. Não somos o que fomos e há um vazio por preencher. E a indiferença é quase osmótica. E eu não quero que me sejas indiferente, porque te amei e te desejei e hoje não é isso mas preciso que sejas presente, num equilíbrio que só tenho contigo. Um equilíbrio essencial e único. É necessário alguém que me conheça no mais pequeno gesto que não seja preciso falar. E preciso de ti assim, tu és para mim, o equilíbrio puro.
Manténs-me.
E tenho de ter alguém que consiga ver através de todas as barreiras, que saiba reconhecer na mais pequena ligeireza. É que, sabes, tu acalmas-me assim, pois sei que há alguém no mundo que consigo entender, não estou sozinha no meio da multidão.
E o tempo passou, e já não somos, tu és e eu sou, mas assim mesmo que te desconheça – conheço-te – e és quem me dá a mão e me faz dar mais um passo desajeitado.
E desculpa se não respirei entre as palavras, nem se fiz sentido, só queria que compreendesses que és mais importantes do que pensas. És mais importante do que eu pensava que poderias ser. És importante, é só isso que tens de saber. Consegues ver?

Autor: Erika

Quem escreve: De nome: Erika. Tenta escrever o que mais lhe apetece. Tenta ser simpática. Quando não reclama, sugere. Sorri muito. Atribui significados importantes à musica, ás cores, cheiros, sabores, texturas. Teimosa, orgulhosa, ambiciosa q.b., não cria espectativas, cria objectivos. Gosta de dormir, é preguiçosa mas detesta preguiçar. Perde-se na internet. Perde-se naquele momento perfeito. Perde-se na fotografia. Perde-se nas pessoas. Perde-se na paixão. É apenas mais alguém que escreve.

4 opiniões sobre “Sem Respirar”

  1. Regra geral, nunca estamos totalmente contentes com aquilo que temos, e por vezes esquecemos que a felicidade é um caminho que tentamos percorrer. A cumplicidade é um instrumento essencial que cria um elo especial entre duas pessoas e as torna tão.. mais… 🙂

    1. Uau! É caso para dizer, C’um carago Dark Angel! Então não é que quando iniciei a minha vida de blogueira há 6? anos atrás…. comentava no teu blog quase que assiduamente e tu no meu. Ainda escrevia com os x’s nas palavras, era menina, (ok…ainda mais menina). Depois parei, perdi favoritos e depois voltei e não há mesmo coincidências! a blogoesfera continua sendo uma aldeia e tu vieste aqui. E eu assim que abri o link vi algo de familiar. E voila! http://thedarkangel.blogs.sapo.pt/23926.html#comentarios um dos primeiríssimos comentários. Acho estas coisas fantásticas. 🙂
      E concordo em tudo com as tuas palavras.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s