Este Natal Quero…


…que o tempo passe mais devagar.

Parece que foi no outro dia que escrevi isto e no entanto já se passou praticamente um ano. Num pequeno scroll-up há um resumo simplório do que seriam 365 dias. O passar do tempo bate bem forte e quase deita a parede abaixo. E parece que não há tempo para tudo e ainda falta viver tanto, que me prendo em passadas lentas pela vida, faltando a todos os objectivos a que me propus. O tempo surge como uma âncora que me relembra sempre que a vida já foi e que o que acho que é o amanhã já foi ontem. Já passou. E a cada dia, mês, ano que passa vou sentindo o desespero do tempo. E as noções de que há tempo para tudo, até para o tempo, desaparecem. Existe uma ansiedade de não passar pelas horas. Existe uma contradição, tanto quero que passe rápido como acho que passa rápido demais. Faz parte da natureza humana a inconstância e a inconformidade. Quero o tempo e não quero, quero que passe e não passe. Não quero que chegue o Natal, mas quero que passe rápido. Quero que seja já, mas não agora.

E todos os dias observo as pessoas a passar pelo tempo. E todos os dias sinto as memórias queridas a desvanecerem-se no tempo. E a todas as horas sinto aquele momento mais distante. E a todos os minutos me sinto parada no tempo. E respiro fundo. E já passou. E é isso que tenho de relembrar, um passo de cada vez, um gesto após o outro, uma palavra depois de outra. Não esquecer de viver. Não esquecer de amar. Não esquecer de concretizar. Não esquecer de sonhar. E é isto que desejo: Não vale a pena combater o tempo, não te esqueças de sonhar e não te esqueças de ser feliz!

Feliz Natal.

Autor: Erika

Quem escreve: De nome: Erika. Tenta escrever o que mais lhe apetece. Tenta ser simpática. Quando não reclama, sugere. Sorri muito. Atribui significados importantes à musica, ás cores, cheiros, sabores, texturas. Teimosa, orgulhosa, ambiciosa q.b., não cria espectativas, cria objectivos. Gosta de dormir, é preguiçosa mas detesta preguiçar. Perde-se na internet. Perde-se naquele momento perfeito. Perde-se na fotografia. Perde-se nas pessoas. Perde-se na paixão. É apenas mais alguém que escreve.

Um pensamento em “Este Natal Quero…”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s