Não digas nada.



Hey? Pssst! Tenho de perguntar-te… Contaste a alguém? O nosso segredo. Como assim qual?? Tu sabes do que falo. Aquele que guardamos entre os lábios entrelaçados, entre os corpos suados, entre as mãos cruzadas. Aquele que juramos nunca pronunciar. Sim…esse mesmo. Tiveste a coragem de contar a alguém? Eu espero que não, eu quero que não. Queria amar-te para sempre em segredo. 

Viver na surdina da nossa paixão, fechar os olhos e saber que para sempre iríamos existir nesta partilha misteriosa. Que foste fazer? Estragaste tudo. Ninguém tem de saber senão nós, o amor apenas a nós convém, a paixão apenas em nós vibra. Será que alguém sabe? Vamos apaixonar-nos por essa adrenalina. Será que alguém nota? 

As mãos que tocam sem querer. 

As pernas que roçam debaixo da mesa.

Os olhares cúmplices.

“Quero-te agora mas aqui não.”

“Beija-me não aguento mais, aqui que ninguém vê…” Mas à vista de todos! Á luz do dia, à porta antes de ires embora à socapa.

Não me digas! Não me digas que foste contar! És ridículo! Não temos que partilhar a não ser um com o outro. Estás tão quente, incendeias-me quando me abraças, vem cá agora e sussurra no meu ouvido o quanto me amas. Fala baixo para ninguém ouvir. Desliga as notificações das minhas mensagens. Não deixes ninguém perceber… Vamos viver no limbo, entre o real e a magia. 

Não sorrias para mim agora, não sejas ingénuo, toda a gente sabe que esse sorriso parvo só sai quando estás apaixonado. Não entregues o jogo tão facilmente. Tocas-me enquanto me passas a caneta, em frente a tudo e todos, dá-me vontade de rir o quanto tu arriscas, em troco de nada! Quê? Dá-te tesão? Gostas da ansiedade? Não tens medo? 

Cala-te e beija-me. Idiota.

Atreve-te.

Não digas nada a ninguém.

Autor: Erika

Quem escreve: De nome: Erika. Tenta escrever o que mais lhe apetece. Tenta ser simpática. Quando não reclama, sugere. Sorri muito. Atribui significados importantes à musica, ás cores, cheiros, sabores, texturas. Teimosa, orgulhosa, ambiciosa q.b., não cria espectativas, cria objectivos. Gosta de dormir, é preguiçosa mas detesta preguiçar. Perde-se na internet. Perde-se naquele momento perfeito. Perde-se na fotografia. Perde-se nas pessoas. Perde-se na paixão. É apenas mais alguém que escreve.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s