Tu dizes:

saudade_by_romeo_tango.jpg

“Sinto a tua falta.” – Sentes mesmo?
“Gosto muito de ti.” – Gostas?
“Estou a teu lado.” – Estás?
“Preciso de ti.” – Para quê?

Há coisa de semanas disseste:

“Não te quero ver.”
“Já te esqueci.”
“O que sinto por ti acabou.”
“És uma mentira.”

Tu dizes. Agora sou eu que duvido. Sou eu quem tem medo. Sou eu quem não quer abrir essa porta, só porque já te deixei mogoares-me vezes suficientes.

“Vem ter comigo” – tu pedes-me. Se me queres, vem tu ter comigo. Eu estou aqui, ainda. Só não sei até quando.

Apetece-me dizer qualquer coisa.

E se quiser digo (!), mesmo que não faça sentido nenhum!

vaca.jpg

Apetece-me…….arrancar qualquer coisa cá de dentro. Não sei o que é…espera!! Sei.. Claro que sei. És tu!

É mesmo chato:

  • Ter de repetir a mesma história a toda a gente vezes e vezes sem conta, ainda mais quando é triste. Dá vontade de escrever as respostas num cartãozinho e entregar ou então simplesmente quando perguntarem “PorquêeeeeE? Que aconteceeeeeu?” respondo “PORQUE SIM.”
  • Haver dias em que acordo cheia de saudades tuas. (Como Hoje)
  • Ter que ficar a tarde na loja sozinha a olhar para as moscas.

Irrita-me:

  • Quando os clientes entram na loja e vão pro terceiro balcão (lá na ponta) e eu estou no primeiro (mesmo em frente á porta) e depois começam a “gritar” de lá de longe o que querem quando podiam ter entrado e ficado logo á minha frente. Fazem ter de me deslocar até lá, senão andamos aos berros e ninguém se entende! Não era mais fácil entrar e ir logo pra onde EU estou a atender e não a Assistente Invisivel?
  • Quando as pessoas entram na loja a perguntar “Carrega TMN?” ou “Quero comprar um telemóvel TMN”. Será que o simbolo gigante da Vodafone do placar exterior não dá uma dica? Ou o vermelho das montras, da porta, das paredes, dos balcões, da farda, dos expositores, os panfletos a dizerem Vodafone, não denuncia que se calhar estão numa loja da vodafone? Daaahhh!!!!

Estou em pulgas!Já vi o 1º episódio da segunda temporada de Heroes e para ser sincera até estava um pouco reticente se iria ser alguma coisa de jeito! E para meu espanto até foi bastante bom, conseguiu captar a minha atenção e curiosidade.

Já tenho o 1º episódio de House da 4ª temporada. Mal posso esperar!

Só falta o Dexter. Dia 30!

Hoje mais uma jantarada com os caloiros e o resto da malta. E amanhã mais um dia de ressaca no trabalho!

Digam Lá se existe.

Bestas mais contentes que as nossas neste mundo de praxes? Hein? Não me parece. Caloirinhas divertidas! Sorridentes mas não muito (!) porque”Besta não RI!“. (Clicar pra ver melhor, não estão aí todas.)

Descobri que as praxes são anti-stress! E quando levadas com respeito e diversão o ambiente torna-se muito bom. Bestas obedientes e que não reclamam. E respondem sempre “Sim Excelentíssima Académica Erika!”. Semana do caloiro começa muito bem. Amanhã há mais uma jantarada e eu ainda estou a recuperar da de ontem. Ainda agora começou a Semana do Caloiro, bestas, ainda têm muito que penar!! E eu já quase que nem tenho voz.

Ontem o meu Padrinho abençoou-me a capa, as palavras dele foram muito especiais. “Esse brilho que tens nos olhos é a força que está dentro de ti para venceres todas as dificuldades. O gosto pelo que fazes. Nunca percas esse brilho e lembra-te que vais ser um veiculo de felicidade para as pessoas que ajudares.” E um dia serei eu a dar palavras de força ás minhas afilhadinhas e talvez ser alguém que elas olham com admiração, assim como eu vejo o meu Padrinho Paulo Niza, uma pessoa de muita garra, muita força, muito cumpridor das tradições académicas e muito bem disposto.

O meu Traje levou banho de vinho, cerveja e tudo o que fosse liquido e rondasse por aquela zona. E nem uma mancha! Ele há coisas do arco da velha! A minha capa foi abençoada com belas palavras e um copo de cerveja em cima! (Até me deu uma coisinha, ficam os emblemas a cheirar a qualquer coisa de estranho). Amanhã há mais, e depois também!

Ainda agora começou.