Por agora, apetece-me.

80__words_by_chokore_to.jpgApetece-me contar uma história. Daquelas que começam com o “Era uma vez…”, com muitas cores e sabores, borboletas, flores em planetas longínquos, animais que falam de coisas que o homem devia compreender. De amores apaixonados. Príncipes encantados de reinos muito muito longe.
De meninos que voam e que vivem na terra do nunca.
De fadas e princesas! E também as bruxas más, os lobos que vestem pele de carneiro, os piratas com risos estridentes.

Gostava de contar a história que aqui acaba em final feliz, num reino encantado, num lugar de magia e harmonia com prados verdejantes e alegres. Árvores que balançam na melodia do vento, flores que tocam musicas de cores e cheiros.

E a história faria sorrir, faria quem a lê agarrar-se a cada palavra como se cada respirar fundo dependesse dela. Levava a imaginação pela mão a um mundo de coisas fantásticas, de sensações frescas, de calor, ternura, carinho, pura felicidade.

Apetece-me contar uma história. Mas ainda não consigo, perco-me em todos os elementos que me acarinham o rosto e me arrepiam a pele, tropeço nas palavras, este mundo que vejo absorve-me! Está em mim esta história de finais felizes, esta roda de cores, esta loucura de sabores!
Ainda é só minha. Mas um dia partilho (com alguém).
Por agora, apetece-me.

Rir é o melhor remédio…

Apesar de tudo acredito mesmo nisto. Rir é o melhor remédio, apesar do que atiro para aqui, sorrir é a melhor arma que tenho para combater (e provavelmente ganhar) qualquer guerra. Seja uma desilusão, um desentendimento, para convencer alguém a fazer o que quero… 🙂 Esboçar o nosso melhor sorriso leva-nos a muitos sitios, desde que seja realmente sincero. E o melhor de tudo é quando conseguimos roubar e até ganhar um sorriso do outro lado. E eu estou sempre a tentar que as pessoas á minha volta tenham sempre o seu sorriso mais sincero, não há melhor sensação para mim que saber que fiz alguém sorrir. (Consegue ser melhor que o melhor dos melhores chocolates!) E se for um sorrisinho bonito então… 🙂

Quando vi este vídeo lembrei-me logo de mim (!!!) só porque me chamam a palhacinha do grupo!

É que tristezas não pagam mesmo nenhumas dividas!

(Se pagassem Portugal era um dos países mais ricos e desenvolvidos da União Europeia…quissá do mundo!)

Descaradamente roubado do Blogovitor 

Qual é a melhor expressão da Paixão?

eu2.jpg

[…] Sim e fazer-me sentir a intensidade do teu prazer enquanto navego e brinco no teu corpo como se explorasse o infinito, como se cada milímetro da tua pele fosse o último segundo da minha vida, como se cada ponto da tua sexualidade fosse um livro que se folheia com intensidade.

E nesse momento tudo pára…O meu ritmo fica leve,calmo. Numa viagem ao extremo prazer em que os meus olhos se perdem nos teus, em que me vejo nos teus olhos e sorrio para mim mesmo, através de ti. […]

A entrega.

Vejo-me aqui.

18102007366.jpgNão contigo, não quero que estejas aqui comigo.
Penso em ti. Mas já não penso só em ti.

Estou aqui, de sorriso no rosto, porque me sinto bem. Porque me sinto feliz. Coisa que até há pouco tempo pensei que fosse dificil acontecer.
Disseste-me que precisava de saber a força que tenho, precisava de saber quem sou. Tinhas razão. Eu não sabia quem era e agora estou a conhecer-me melhor.
A cada dia gosto mais de quem sou, de como estou e isso faz-me sentir leve, confiante, apaixonada.

Apaixonada?
Sim. Pelos momentos que antes não via e agora me são fundamentais, pelas pessoas que me deixo rodear, por lugares, cheiros, sabores.
Hoje vivo mais presente em mim mesma, já não me sinto ver a vida a passar por mim enquanto eu estou parada a olhar.

Descobri a minha força. Vejo um mundo diferente. Porque me vejo diferente. E não há ninguém que tenha a capacidade de me tirar daqui, deste lugar onde estou.
E descobri em mim a capacidade de fazer coisas que nunca me achei capaz.
E quando tu me procuras e eu te deixo entrar, e te sentas a meu lado, aqui neste lugar, dou-te de mim o que posso e o que quero. Dou-te o meu sorriso, a ternura, a amizade que tenho e o amor que sinto. Mas quando vais não me sinto a perder-te. Porque não te tenho, ninguém tem ninguém.
Dou-te a conhecer alguém que tu já duvidaste que pudesse existir, mas que no fundo sempre esteve aqui dentro de mim.

E a cada momento deixo de ser aquela menina.
E a cada momento tu vês-me (e eu vejo-me) mais mulher.
E a cada momento estou mais apaixonada por cada momento que passa. Contigo ou sem ti.
E cada momento é o momento e deixa de ser apenas mais um.

Estás aqui?

16102007358.jpgA minha almofada ainda tem o teu cheiro.
Das noites em que me perguntas “posso ficar contigo?” e eu rendida digo que sim.
Daquela noite em que dormiste abraçado a mim e eu sentia a tua respiração no meu pescoço.. Sentia o calor da tua pele e ouvia o bater do teu coração.. Noites que desejei que durassem para mais que a eternidade. Noites que adormeci com um sorriso e acordei com o teu sorriso.

A cama tem o teu cheiro.

As tuas palavras que me marcam “gosto de estar contigo, de dormir contigo,de te ter perto de mim”.
Tento não pensar em mais nada..não penso no amanhã, nem no que foi ontem. Limito-me a sentir o agora tão real do momento em que me olhas e me beijas.

Em que me tens pra ti.

E contigo consigo viver intensamente cada segundo, porque me entrego sem medo.
Já não tenho medo. Porque contigo só importa cada segundo do agora,o amanhã é para depois.
E se estiver no céu estou. E se descer ao inferno desço.
Assim é o amor..
O que importa é que quando chego ao céu quem me leva pela mão és tu.

Adriana Calcanhoto – Vambora